Francisco Noa fala d’O poder da representação na literatura colonial

Francisco Noa vai apresentar, dia 24, uma reflexão sobre o poder e o que vem a ser literatura colonial, a partir da identificação de um conjunto de elementos estéticos que a caracteriza. Na sua abordagem, segundo uma nota de imprensa sobre o evento, o professor universitário e ensaísta irá concentrar-se na última década do colonialismo […]

Francisco Noa fala d’O poder da representação na literatura colonial

Francisco Noa vai apresentar, dia 24, uma reflexão sobre o poder e o que vem a ser literatura colonial, a partir da identificação de um conjunto de elementos estéticos que a caracteriza. Na sua abordagem, segundo uma nota de imprensa sobre o evento, o professor universitário e ensaísta irá concentrar-se na última década do colonialismo […]