Médicos recebem parte dos valores das horas extras em dívida na província de Sofala

Depois das ameaças de greve, veio a bonança, mas à metade. Os médicos, que protestavam contra a falta do pagamento das horas extras em Sofala, já receberam parcialmente os valores em dívida que variam de 150 a 300 mil meticais. Afectos às diversas unidades sanitárias da província, com maior incidência para o Hospital Central da […]