Beirenses defendem gestão transparente e independente do Fundo Soberano  

Prossegue a auscultação pública sobre a criação do Fundo Soberano. Na cidade da Beira, província de Sofala, participantes no processo desencadeado pelo Banco de Moçambique defendem gestão transparente e independente do fundo para que o país desenvolva. Entretanto, lembram que a gestão do bem público ainda é um desafio. Jossefa Tivane, representante do Banco Absa, […]