Vítimas da lixeira de Hulene em Maputo sem subsídios de renda há seis meses

Mais uma vez, as 260 famílias cujas casas foram destruídas aquando do deslizamento da lixeira de Hulene, em Fevereiro de 2018, na cidade de Maputo, amotinaram-se, ontem, no edifício do Município para exigir explicações por conta do atraso no pagamento de seis meses de renda das casas onde vivem actualmente. A história daquelas famílias mudou […]