Hanganazi Wiredu

Por: Belchior Eduardo   Para onde vais, pobre homem? Perguntou um nativo carregado de sua enxada nos ombros. ­ Vou à nossa capital Lourenço Marques.

Entre Linhas do Bairro D

Por: Belchior Eduardo   Não encontro uma forma adequada de começar a contar o que aconteceu naquelas ruas. Foi tudo estranho, uma ocorrência que jaz

Quem és tu?

Por: José Paulo Pinto Lobo   Quem és tu? Sobressaltei-me com a pergunta. Fez-me viajar no tempo aos bancos do Liceu e do malfadado (perdoem-me

Boladas de cá

Por: Ricardo Mutita   Já soava pelos ares da cidade, entre os ambulantes de gema: – Estas boladas que por aqui se fazem, um dia,

Que culpa tenho eu?

Por: Nilton Arão   Como todas outras mães ricas, nasci a norte de um país mais a sul da África. Naturalmente linda, com missangas a

A escravatura actual

Por José Paulo Pinto Lobo   Vivemos num tempo de escravatura. Não concordam com a afirmação? Eu explico. Defendo que vivemos num tempo dicotómico entre

A vítima

Por: Francisco Raposo   O dia acabava de se revelar. E os sonhos estavam ainda frescos, depois de uma longa noite de confeição. Maigod acordou,