COM defende criação de centros de treinamento de excelência

O presidente do Comité Olímpico de Moçambique (COM), Aníbal Aurélio Manave, reconhece que a preparação dos atletas moçambicanos aos Jogos Olímpicos não foi a mais desejada, até porque havia necessidade de ser complementada com estágios fora do país. Manave justifica que a não realização de estágios, tal como programado, ficou a dever-se a não abertura […]