Antiga chefe dos RH diz não conhecer proveniência dos contratos falsos

Na audição de hoje, Alexandrina Macuacua, então chefe dos Recursos Humanos, no Instituto Nacional de Hidrografia e Navegação, negou ter tido qualquer tipo de contacto com os quatro funcionários “fantasmas”, remetendo a culpa a Lurdes Manhiça, na altura dos factos, chefe da gestão do pessoal nos Recursos Humanos. O segundo dia das audições aos arguidos […]

Arrancou hoje julgamento do “caso INAHINA” 

Iniciou hoje, na 8ª Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo, o julgamento de um caso relacionado com o pagamento de salários a quatro funcionários fictícios afectos ao Instituto Nacional de Hidrografia e Navegação Marítima, no valor de cerca de 11 milhões meticais. São arguidos no processo, Lurdes Alexandre Manhiça, Nildo António Matola, Nádia […]