Maxaquene: o histórico (ainda) está vivo!

O histórico, emblemático e clube mais titulado do basquetebol moçambicano está vivo. E recomenda-se! Salve as devidas e, porquê não dizê-lo (?), gritantes diferenças, o Maxaquene dá sinais de vida e futuro risonho com paciência e investimento na juventude, tal como em tempos de ouro de Khaimane de Deus (ai, “granda” jogador), Felisberto “Beto” Macuácua, […]

Campeãs não facilitam

Ferroviário “A” teve alma, alma indomável de campeão. Continua, aliás, a equipa comandada por Nasir “Nelito” Salé a mostrar todo o seu poderio no Campeonato da Cidade de Basquetebol em seniores femininos. Isto, bem vistas as coisas, fazendo desta prova uma das etapas de preparação para a Taça dos Clubes Campeões Africanos. Fim-de-semana, as detentoras […]