O País – A verdade como notícia

Sumbana Jr. reassume comando do judo a pensar na massificação

É o regresso do homem que dirigiu os destinos da Federação Moçambicana de Judo, entre 1999 e 2011, a uma casa que muito bem conhece. E é também o regresso ao dirigismo de Fernando Sumbana Jr. após sair do Governo, em 2014, quando deixou de ser ministro da Juventude e Desportos e depois de ter passado pelo Ministério do Turismo, em quase dois mandatos governamentais.
Escolhido por unanimidade pelos judocas, numa cerimónia que se previa que fosse de eleição, mas que acabou culminando com a junção de duas listas para acomodar os interesses do judo, a direcção encabeçada por Fernando Sumbana Jr. promete trabalhar afincadamente para garantir o desenvolvimento da modalidade e massificar a partir das escolas.
Na presença do presidente do Comité Olímpico de Moçambique, Aníbal Manave, do Director Nacional do Desporto, Francisco da Conceição, em representação da ministra da Juventude e Desportos, do presidente e vice-presidente de Mesa da Assembleia-Geral da Federação Moçambicana de Judo, respectivamente Igor Vaz e Roberto Chitsondzo, o presidente da agremiação que tutela o judo moçambicano, Fernando Sumbana Jr., começou por agradecer a confiança depositada em si e garantiu que pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo anterior elenco, liderado por Igor Vaz. “Queremos trabalhar com todos os dirigentes e amantes do judo, individualidades, nacionais e internacionais, para garantir a sustentabilidade e massificação da modalidade”, disse Fernando Sumbana Jr., para depois falar dos desafios que terá pela frente, nomeadamente: “massificar o judo a partir da rede escolar, formando monitores e mobilizando meios para prática do judo, melhorar o nosso nível de competitividade, dando oportunidade a todos os atletas que se revejam capazes de trazer bons resultados”.
Fernando Sumbana considera que os desafios são enormes e difíceis, daí sentir-se tranquilo por poder contar com batalhadores em organização, liderança, marketing e relações públicas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos