O País – A verdade como notícia

Suécia lança site sobre apoio sueco aos movimentos de libertação da África Austral

Foto: SA

A Embaixada da Suécia em Moçambique vai lançar, nesta quarta-feira, uma plataforma virtual (website) denominada “Pamoja, juntos a mudança é possível” para divulgar informações sobre o papel histórico da Suécia no apoio à luta contra o colonialismo e o apartheid em África.

A plataforma foi desenvolvida em parceira com a Fundação Liliesleaf na África do Sul, o Instituto Sueco e 10 embaixadas da África, nomeadamente, África do Sul, Zâmbia, Etiópia, Quénia, Tanzânia, Zimbabwe, Botswana, Namíbia, Angola e Moçambique.

O principal objectivo é dar aos jovens uma maior compreensão das lutas passadas pelos direitos humanos e pela democracia e promover o conhecimento do potencial da solidariedade internacional.

PAMOJA é um instrumento para facilitar a investigação da história das contribuições da Suécia para o desenvolvimento e libertação, particularmente na África Austral, e inspirar o activismo para combater a desigualdade, o racismo e o preconceito.

“Pamoja é uma história de solidariedade internacional e da longa relação de cooperação entre a Suécia e dez países africanos. Esperamos que esta plataforma motive os jovens utilizadores a empenharem-se e a participarem activamente no trabalho em prol de um mundo pacífico, justo, equitativo e leve-os a reflectir profundamente sobre o significado da solidariedade, contribuindo para a mudança nos tempos que vivemos agora”, disse Mette Sunnergren, embaixadora da Suécia em Moçambique.

O website foi lançado pela primeira vez na África do Sul em finais de Setembro de 2021. Moçambique é o segundo país a lançar a plataforma e será seguido pelos restantes oito países africanos envolvidos no projecto.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos