O País – A verdade como notícia

Stv Notícias transmite amanhã duelo entre Desportivo de Maputo vs Ferroviário de Maputo

A bola vai rolar, este fim-de-semana, para no final vermos quem rebola e quem é…o dono dela! Atenções, claramente, viradas para o bairro Hanhane, na Matola, onde teremos o primeiro clássico da edição 2021 do Moçambola: Desportivo Maputo vs Ferroviário de Maputo.

Espera-se, decerto, um jogo dentro do que são os clássicos. Muito competitivos, difíceis para as três equipas porque são muito intensos e importantes.

Pressão e margem de erro nula mantém-se para os “locomotivas”, crónicos candidatos ao título. A estreia (empate a zero com a União Desportiva do Songo) não deixa saudades, até porque em pleno Estádio da Machava transpirou uma equipa fraquinha, pobre tacticamente e sem estabilidade com a bola. Não se pode, e nem tao pouco, descurar o facto de tal poder derivar da falta de ritmo causada por longa paragem dos jogadores devido às limitações impostas pela COVID-19.

Mas ainda assim, pelo investimento e histórico do clube, esperava-se mais do Ferroviário de Maputo, conjunto que campeou pela última vez em 2015.

Sábado, no bem tratado tapete verde do campo da Liga Desportiva, espera-se um Ferroviário de Maputo mais ousado, consistente e a desbloquear espaços para sair em transições.

Sem pressão para dar voos mais altos. Mas sempre focado no que o investimento feito, estrutura montada e realidade actual do clube permitem traçar em termos de sonhos e objectivos reais.

É este Desportivo Maputo que teremos no primeiro clássico do Moçambola 2021, assim como na maratona de 26 jornadas que corporizam o campeonato. Um conjunto humilde a lutar por amealhar pontos a cada que se lhe permitam manutenção tranquila na elite do futebol moçambicano. Depois do empate a duas bolas, em Quelimane, numa partida em que até esteve a perder, o conjunto de Rogério Mariannii não assume favoritismo no duelo com os “locomotivas” da capital.

Pelo contrário, e como tratou mesmo de deixar bem claro Mariannii, os “alvi-negros” sobem ao relvado com claro objectivo de contrariar os verde-e-brancos e jogarem à Desportivo Maputo. Em tempos, e oxalá no sábado haja mais do mesmo, o duelo Desportivo Maputo vs Ferroviário de Maputo foi marcado por grande espectacularidade.

CAMPEÃO PRESSIONADO?

Uma entrada em falso no Moçambola, uma pesada derrota no Caldeirão do Chiveve por 3-1. Resumo fiel da prestação do Costa do Sol na ronda inaugural do campeonato! Agora, e feita a análise do desaire, há que vestir o fato-macaco e mostrar a áurea ganhadora.

Uma equipa sólida, que concede poucas oportunidade, é o que se espera dos “canarinhos”! Sem Telinho, forçado a parar dois meses, mas com o capitão Isac, o canário aponta para a primeira vitória no campeonato nacional.

E se é certo que o Costa do Sol é obrigado a vencer, também é claro que o Incomáti de Xinavane não irá medir esforços para criar dissabores ao campeão em título.

Com um arranque notável (vitória sobre o Textáfrica de Chimoio por 3-0), os ‘açucareiros” sobem ao relvado sintético do Costa do Sol bastante motivados e, acima de tudo, cientes de que uma vitória pode dar cada vez mais alento à equipa na luta pela manutenção.

Filho da casa à parte! Artur Comboio, conhecido por montar equipas com intensidade e a jogar de forma mais ofensiva, não vai facilitar ao seu clube de coração! Nem tão pouco.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos