O País – A verdade como notícia

Somos o 46º país visitado pelo Sumo Pontífice

Moçambique será o sétimo país a ser visitado pelo Papa Francisco este ano. Desde o início do seu pontificado em Março de 2013, o Santo Padre já fez 30 viagens apostólicas internacionais, tendo escalado 45 países.

As viagens apostólicas são uma tradição dos líderes máximos da Igreja Católica e servem para o Papa disseminar a sua mensagem aos fies de vários cantos do mundo. Desde 2013 foram milhares de quilómetros percorridos pelo Papa Francisco, inúmeras missas perante multidões em diversas línguas e encontros históricos com líderes de todo o mundo. Os números não deixam enganar: defensor de uma igreja mais aberta e próxima às pessoas, Jorge Mario Bergóglio realizou em seis anos, 30 viagens apostólicas e escalou 45 países do mundo.

Vejamos os dados:

A lista foi inaugurada pelo Brasil em 2013, tendo sido o único país visitado naquele ano.

Em 2014 fez cinco viagens apostólicas. Desembarcou em sete países, nomeadamente Israel, Palestina, Jordânia, Coreia do Sul, Albânia, França e Turquia.

No ano de 2015, efectuou igualmente cinco viagens apostólicas internacionais. Os países escalados foram Sri Lanka, Filipinas, Bósnia-Herzegovina, Equador, Bolívia, Paraguai, Cuba, Estados Unidos, Quénia, Uganda e República Centro Africana. 2016 foi o primeiro ano com mais visitas apostólicas: seis. O Papa Francisco transmitiu mensagens de fé e esperança aos povos do México, Grécia, Arménia, Polónia, Geórgia, Azerbaijão e Suécia. Em 2017 foram quatro viagens apostólicas realizadas, tendo o Egipto, Portugal, Colômbia, Myanmar e Bangladesh como os países visitados. Ano passado (2018) foram igualmente quatro viagens apostólicas feitas pelo Papa Francisco, tendo escalado os seguintes países: Chile, Perú, Suíça, Irlanda, Lituânia, Letónia e Estónia.

Este ano, o sexto, o Sumo Pontífice já realizou cinco viagens apostólicas. A primeira do ano foi ao Panamá, entre os dias 23 e 27 de janeiro em ocasião da Jornada Mundial da Juventude de 2019 sediada no país latino-americano. No segundo mês do ano, concretamente no dia 03 de Fevereiro, o Papa visitou os Emirados Árabes Unidos. Foi a primeira vez que pontífice pisou no solo do país árabe, para o Encontro Inter-Religioso Internacional sobre "Fraternidade Humana". Francisco permaneceu três dias na capital Abu Dhabi. Nos dias 30 e 31 de março o papa Francisco realizou sua terceira viagem apostólica ao continente africano ao ser convidado pelo rei para visitar Marrocos. Já entre os dias 5 e 7 de maio, o sumo pontífice fez uma viagem ao leste europeu, visitando a Bulgária e a Macedônia do Norte, ambos países com forte influência da Igreja Ortodoxa. Na Bulgária, o primeiro a ser visitado, o sumo pontífice fez uma visita história ao patriarca Neófito, da Igreja Ortodoxa Búlgara o que havia acontecido na última vez com o papa São João Paulo II. No mesmo mês de Maio, o Papa Francisco visitou a Romênia vinte anos após a visita de João Paulo II. Francisco encontrou um povo ortodoxo conservador o que não possibilitou orações conjuntas em público. Mas foi realizado no primeiro dia de sua visita (31 de maio) uma oração com o Patriarca Daniel da Romênia na Catedral Nacional na capital, Bucareste.

Este mês de Setembro, na trigésima primeira viagem apostólica do seu pontificado, o Papa Francisco vem a Moçambique. Somos o quadragésimo sexto país a ser visitado pelo sumo pontífice. Francisco não vai escalar outras províncias além de Maputo, como fez João Paulo II, mas assegurou, em mensagem enviada esta semana ao País, que está a orar por todos os moçambicanos.

Ao deixar Moçambique segue para Madagáscar e depois para as Ilhas Maurícias. Depois de 10 de Setembro contará com 31 viagens apostólicas realizadas e 48 países visitados.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos