O País – A verdade como notícia

Somente os grandes sobreviveram no torneio Top 8 Mavila Boy

Ferroviário de Maputo – Costa do Sol; Liga Desportiva de Maputo – Maxaquene é o cruzamento de jogos das meias-finais do torneio Top 8 Mavila Boy, depois da vitória, esta terça-feira, do Costa do Sol frente ao Estrela Vermelha (2-0) e derrota do Nacional diante da Liga Desportiva de Maputo (0-3). Assim, nenhuma equipa da “segundona” ficou para contar a história, sendo que avançam as equipas que estão no Moçambola. Haverá luta!

Indo aos jogos…

A Liga Desportiva Maputo vinha de uma vitória motivadora diante do Costa do Sol (3-0) e entrou decidida a não quebrar o ciclo de vitórias. Pela frente, tinha um Nacional, que vinha de uma derrota diante do Estrela (0-1). Lembranças à parte, o que é certo, é que a Liga conseguiu se impor e arrancou a almejada vitória que lhe garantiu a passagem para as meias-finais da competição. O que também é certo é que a Liga precisa vencer esta prova até para entrar com pé direito no Moçambola, prova na qual teve uma prestação pálida época passada.

Noutra partida que colocou frente-a-frente o Costa do Sol ao Estrela Vermelha, os canarinhos não tiveram contemplações. Depois da vitória por 1-0, diante do Galaxy do Botswana, no pretérito fim-de-semana, para as Afrotaças, os representantes de Moçambique na Taça Nelson Mandela entraram decididos a não permitir intimidades. Os canarinhos, que na tabela classificativa ocupavam a terceira posição com três pontos, contra seis do Estrela Vermelha, precisavam arriscar tudo o que havia para garantir a passagem a fase seguinte e foi assim que aconteceu.

E é por isso que o Costa do Sol entrou mais pressionante para o jogo, enquanto os alaranjados tentavam se encontrar. E logo no minuto seis da primeira parte, houve festejo por parte dos donos da casa, após auto-golo do guarda-redes do Estrela.

O Estrela Vermelha bem que tentou amedrontar a baliza canarinha, mas faltou objectividade e frieza por parte dos seus avançados. Com o 1-0, a favor do Costa do Sol, foi-se foi ao intervalo, diga-se um resultado que ainda garantia ao Estrela a passagem às meis-finais.

Na segunda parte, viu-se mais por parte dos donos da casa, até porque foram lançados para o campo, o criativo Terrence e o capitão Isac que deram tudo dentro das quatro linhas. O segundo golo surge ao minuto 21 minutos, quando o liberiano Terrence foi travado em falta na grande área. Chamado a cobrar o castigo máximo, o capitão Isac não poupou, confirmando a vaga do Costa do Sol às meias-finais. Os alaranjados continuaram apagados no jogo e foram desperdiçando oportunidades de reduzir a desvantagem até ao final da partida, tendo s0e despedido da competição.

No fim da partida, o técnico do Costa do Sol, Leonardo Costas, disse estar satisfeito com a passagem da sua equipa para a fase seguinte, mas que o nível de jogo apresentado pelos seus jogadores ainda não é o desejado. Já o treinador dos alaranjados, Rogério Mariano, disse que a sua equipa apresentou um bom futebol e que sente-se orgulhoso pelo facto dos seus jogadores terem se batido bem com equipas grandes.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos