O País – A verdade como notícia

“Sociedade deve olhar para religioso como exemplo vivo das leis”

Líderes de diferentes conficções religiosas reuniram se em Nampula na primeira conferência provincial, onde analisaram e debateram vários aspectos que perturbam a consolidação da paz no país. 

Na ocasião os líderes defenderam que a paz significa harmonia do espirito interior movido pela esperança de uma cidadania melhor com ausência de qualquer dor. Os religiosos entendem que os crentes devem aparecer na sociedade não como figuras incógnitas mas como cidadãos que assumem o seu papel. 

Em mensagem apresentada deixaram intender a sua insatisfação com a forma como são encarados pela sociedade. Os lideres entendem ainda que a sociedade deve olhar para os religiosos como exemplo vivo das leis que regulam a sociedade influenciando a prática da justiça. 

Eduardo Macário secretário permanente provincial destacou a importância das conficções religiosas na manutenção da paz no país e apelou aos religiosos a orarem para que se minimize o impacto da tempestade Kenneth.

No país, a província de Nampula é tida como uma zona de grande confluência religiosa.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos