O País – A verdade como notícia

Sociedade Civil quer monitorar processo de adjudicação de obras públicas para garantir transparência

Em Manica, Sociedade Civil exige transparência no processo de adjudicação de obras públicas como forma de garantir a monitoria da qualidade das infraestruturas a ser construídas.

Uma estrada nova, bastante deplorada pelos munícipes de Chimoio, a qual liga a zona do prédio Manuel Nunes até ao ponto do arranque é que fez transbordar o copo. A sociedade civil diz ter já accionado mecanismos para que sejam feitas as devidas correções.

“Vamos trabalhar durante três anos consecutivos com o mesmo parceiro que é a fundação MASC. Na cidade de Chimoio estamos a trabalhar na área de qualidade das infra-estruturas públicas, que é a manutenção da estradas””, disse Danilo Mairosse, coordenador da PLASOC Manica.

A Plataforma de Sociedade Civil de Chimoio diz que doravante, vai participar activamente no processo de governação, com enfoque na monitoria da qualidade das infraestruturas públicas.

A Plataforma da sociedade civil está implantada na cidade de Chimoio e distrito de Machaze, e prevê expandir as suas actividades nos restantes nove distritos da província de Manica.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos