O País – A verdade como notícia

Sociedade Civil defende que acesso à internet é fundamental

O Governo, organizações da sociedade civil, sector privado e público em geral estiveram reunidos, em Maputo, para discutir o futuro da internet no país.

Neste fórum de diálogo, ficou vincada a necessidade de se viabilizar o acesso a informação por parte da sociedade, através da internet para dinamizar o processo de desenvolvimento do país.

Eduardo Namburete, presidente do Centro de Estudos Interdisciplinares de Comunicação, e um dos oradores desta conferência, entende que o exercício pleno da cidadania só será possível através do uso destas plataformas de forma construtiva.

O Governo, por sua vez, reconhece que é um grande desafio a expansão da internet e o seu acesso no país.

Moçambique é um dos países com mais baixo nível de acesso a internet no mundo com uma abrangência de apenas 6,4% da população.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos