O País – A verdade como notícia

Sobe para 40 o número de mortos devido ao ciclone Gombe

Foto: O País

Subiu para 40 o número de mortos devido ao ciclone tropical Gombe, que arrasou algumas províncias das zonas Centro e Norte, com destaque para Nampula e Zambézia.

Esta actualização acontece depois de, nesta quarta-feira, o número de óbitos ter sido actualizado para 20, sendo três da província da Zambézia e 17 de Nampula.

No entanto, nos trabalhos efectuados pelo Instituto Nacional de Gestão de Riscos de Desastres (INGD) esta quinta-feira, em Mussoril, ponto de entrada do ciclone, na província de Nampula, indicam a existência de mais 31 óbitos, sendo que 20 é que foram confirmados, totalizando 40, segundo o delegado do INGD naquela província, Alberto Armando.

“Neste momento, está em processo a confirmação dos 11 óbitos reportados, neste sentido, dos 17 óbitos existentes na província de Nampula. Somado aos reportados pela comunidade, totalizam 48 aqui, nesta província. Estes dados são preliminares, mas há uma equipa da saúde que já trabalha para confirmar esses 11 mortos, para que constem de forma oficial das estatísticas”, explicou.

Caso esses 11 óbitos sejam confirmados, o número de mortes por causa do “Gombe” pode subir para 51, sendo 48 de Nampula e três da Zambézia.

Para além de Mussoril, que foi o ponto de entrada do ciclone, onde ainda há óbitos por confirmar, acredita-se que, em Mongincual, outro distrito afectado severamente pela tempestade, o número de óbitos esteja acima do reportado.

“Havia uma dificuldade de nos comunicarmos com Mongicual e, num primeiro contacto, foram confirmados dois óbitos, mas acreditamos que haja uma subida não exponencial a Mossuril”, terminou o delegado do INGD.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos