O País – A verdade como notícia

Severino Ngoenha é presidente efectivo do Conselho de Reitores de Moçambique

O reitor da Universidade Técnica de Moçambique, Severino Ngoenha, tomou posse como presidente efectivo do Conselho dos Reitores de Moçambique, após uma sessão extraordinária do órgão, hoje. 

Na ocasião, o Professor Doutor Severino Ngoenha defendeu a conclusão do ano lectivo no ensino superior, sem necessariamente passar-se por cima da qualidade da formação em tempos da pandemia da COVID-19.

“Temos que terminar o ano garantindo que aqueles contéudos previstos sejam transmitidos. Não queremos deixar nenhum estudante para atrás, mas isso não pode significar facilitação ou simplificação, nem passar por cima dos contéudos rigorosamente indispensáveis para a progressão dos estudantes para vida e para o mundo de trabalho”, disse o reitor da Universidade Técnica de Moçambique.

À data da eleição, o filósofo Severino Ngoenha era presidente interino do Conselho dos Reitores de Moçambique.

Ngoenha apelou às universidades a apostarem no uso e domínio das tecnologias de informação e comunicação de modo a responderem aos desafios impostos ao ensino pela pandemia.

“Todas as universidades devem ter consciência de uma mudança radical da pedagogia depois de 2019. Antes, os telefones e computadores eram instrumentos de diversão para muitas pessoas. A partir de agora, eles devem ser instrumentos por meios dos quais vamos transmitir conhecimento a pessoas”, algumas das quais em “locais mais recônditos do país”, acrescentou o académico.

O Conselho dos Reitores de Moçambique passa a incluir reitores da UniSave, UniPúngué, UniLiCungo e UniRovuma.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos