O País – A verdade como notícia

Sétima edição da MOZTECH arranca esta quarta-feira

A Fundação SOICO (FUNDASO) realiza de 18 a 20 deste mês a sétima edição da MOZTECH, sob o lema “Tecnologia ao serviço da industrialização”.

O evento está enquadrado no contexto de um acordo para promoção da industrialização entre a FUNDASO e a Associação Industrial de Moçambique (AIMO).

Serão intervenientes na abertura da sétima edição da MOZTECH, o PCA da FUNDASO, Daniel David; o presidente da AIMO, Rogério Samo Gudo; o presidente da Strat&Egos Institute, Adriano Freire.

Os intervenientes vão reflectir sobre o tema “Caminhos da industrialização em Moçambique: inovação, modernização e digitalização”.

A 7ª edição da MOZTECH será dedicada à disseminação de conteúdos que promovam a industrialização baseada nas tecnologias.

A coordenadora residente da ONU em Moçambique, Myrta Kauulard; o director nacional da Indústria no Ministério da Indústria e Comércio, Sidónio dos Santos; o director-geral da Vodafone M-Pesa, Gulamo Nabi; o directora-geral do INTIC, Dulce Chilundo; o vereador do Ordenamento Territorial Ambiente e Urbanização na Autarquia de Maputo, Silva Magaia, vão emprestar o seu saber no tema “Indústria, inovação e infraestrutura: construir infraestruturas resilientes, fomentar a inovação e promover a industrialização inclusiva e sustentável”.

O CEO do UBA, Rotimi Morohunfola vai debruçar-se sobre “Serviços financeiros digitais”. Carlos Henrique de Brito Cruz, Professor do Instituto de Física da Unicamp-Brasil, vai reflectir sobre “Conhecimento e investigação ao serviço da industrialização”.

O PCA do INCM, Américo Muchanga, vai reflectir sobre “Sustentabilidade e desafios das indústrias de comunicações”, enquanto o presidente do Conselho Autárquico da Beira, Daviz Simango, vai debruçar-se sobre a “Tecnologia e descentralização dos serviços públicos”.

A 7ª edição da MOZTECH vai igualmente promover debates sobre os temas “Mulher, tecnologia e indústria”, “Tecnologias e integração de mercados”, “Serviços financeiros digitais”, entre outros.

Pretende-se, com as reflexões, evidenciar como se pode potenciar a industrialização através da inovação, modernização de infra-estruturas e processos, eficiência nos custos de produção e manutenção, logística de abastecimentos e distribuição, consumo interno e indução das exportações.

O evento será transmitidos na Stv Play, Stv Notícias, O País e nas plataformas digitais do Grupo SOICO e da FUNDASO.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos