O País – A verdade como notícia

Sengo defende busca pelo saber fazer para a empregabilidade

O economista Eduardo Sengo, que será um dos oradores do Mozefo Young Leaders, diz que a juventude só terá empregabilidade se for atrás de conhecimentos, e tal se pode buscar seja na formação, assim como em troca de experiências.

Empregabilidade e Habitação são os principais temas que o economista Eduardo Sengo leva à segunda edição do Mozefo Young Leaders, evento no qual será um dos oradores.

E por considerar que são temas que preocupam a juventude, o economista aponta alguns caminhos que podem ser adoptados, como é o caso da aposta no saber fazer. Entretanto, alerta Sengo, tal saber fazer não se cinge à educação formal. É preciso que os jovens busquem a troca de experiências e participem em eventos. “A solução está com a própria juventude. É preciso que se perceba que a empregabilidade só melhora com a melhoria das nossas habilidades e essas habilidades são adquiridas no nosso dia-a-dia, seja na escola, seja na busca do saber fazer. Hoje em dia temos diversas plataformas digitais, acesso a internet através de telemóvel”, disse o economista, que acrescenta que todas estas plataformas devem ser usadas para o benefício da juventude.

Eduardo Sengo aponta, entretanto, esta empregabilidade como um dos caminhos para lidar com o desafio da habitação. “Em relação à habitação, nós os jovens podemos também contribuir de outras formas. As nossas técnicas usadas na habitação ainda são técnicas consideradas caras. É preciso começarmos a pensar em soluções alternativas”, disse.

Por sua vez, Filipa carreira, jovem empreendedora, admite haver desafios em particular para as mulheres na sua área e partilha a sua experiência. Aliás, defende mesmo que as mulheres precisam de ser persistentes no empreendedorismo. “O meu tema é mais focado na igualdade de gênero e na equidade de oportunidades para jovens. Eu trabalho muito mais com raparigas, então o que eu vou trazer é a minha motivação para engrenar na área do empreendedorismo”, refere, para depois acrescentar que “No empreendedorismo há mais oportunidades de as mulheres ‘vingarem’ porque aí elas são as suas as próprias chefes. Temos muitas jovens que tem capacidades para começar um negócio, só precisam de um pouco mais de coragem”.

Sengo e Carreira irão juntar-se à vários outros painelistas e uma plateia de cerca de duas mil pessoas para partilhar experiências de jovem para jovem, na segunda edição do Mozefo Young Leaders entre os dias 28 e 29 de Novembro corrente.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos