O País – A verdade como notícia

Senegal segue-se na caminhada dos Mambas na Cosafa

A selecção nacional de futebol, os Mambas, defronta na tarde desta sexta-feira a sua congénere do Senegal, em partida da segunda jornada do grupo B, do torneio regional, Cosafa, que decorre na vizinha África do Sul, desde a passada terça-feira. Este é o segundo teste importante para os novos Mambas da geração Horácio Gonçalves, representados pela selecção sub-23.

Depois do nulo verificado na estreia diante do Zimbabwe, na passada quarta-feira, os Mambas voltam a descer aos relvados do Cosafa esta sexta-feira para fazer sala ao convidado de honra, o Senegal, que participa pela primeira vez no torneio. Um teste que não parece nada fácil para os pupilos de Horácio Gonçalves, mesmo tendo em conta os resultados verificados na jornada inaugural do grupo B, que culminaram com a derrota dos “Leões de Teranga” diante da Namíbia.

Vale isto dizer que o convidado do torneio entrou em falso na “festa”, mas não vai querer voltar a vergar e, por isso, os Mambas, serão o bode expiatório do Senegal na prova.
Mas o seleccionador nacional de futebol, Horácio Gonçalves, tem a lição bem estudada e viu de perto a derrota do Senegal, para tirar ilações de como a equipa se comporta dentro das quatro linhas. E vai, também, encontrar uma selecção que levou os jogadores que actuam internamente, na sua maioria sub-23.

Por isso mesmo as duas equipas estarão de igual para igual nesta partida e o resultado é imprevisível, mesmo tendo em conta os resultados finais da primeira jornada.

Este será o sexto jogo entre estas duas selecções no seu histórico, pelo menos ao nível das principais equipas, com vantagem para os “Leões de Teranga”, que levam três vitórias e dois empates, nas duas últimas partidas disputadas na fase de qualificação ao CAN-2008, ambos sem abertura de contagem.

 

HORÁCIO GONÇALVES PODE FAZER ALTERAÇÕES NO SEU “11”

Do “onze” utilizado pelo seleccionador nacional diante do Zimbabwe, nomeadamente Ernâni, Danilo, Martinho, Francisco Simbine, Cigano, Shaquile, Candinho, Abel “Maestro” Joshua, Melque, Estêvão e Nilton, pode haver alterações diante do Senegal, tendo em conta alguns constrangimentos que ocorridos na quarta-feira. É que Maestro, Francisco Simbine, Candinho e Salas viram cartões amarelos que podem influenciar a sua participação no jogo, já que dois amarelos seguidos deixam o jogador fora da partida seguinte do torneio.

Assim, Horácio Gonçalves poderá deixar alguns destes de fora, para evitar impedimentos diante do Malawi, no domingo, aproveitando para trazer mais jogadores ao “onze” inicial, casos de Macaime, Mapangane e Maré, para aproveitar o seu potencial físico e táctico.

Já o Senegal, treinado por Joseph Koto, está a rodar a sua equipa sub-23, com jogadores apenas internos, como forma de preparar as eliminatórias do CAN.

Moçambique e Senegal jogam quando forem 15H00, no Wolfson Stadium, e será antecedido pelo embate entre Malawi e Zimbabwe, também para o grupo B.

Um empate ou vitória ainda servem para as aspirações dos Mambas de se qualificarem às meias-finais, quando faltam ainda mais dois jogos, frente a Malawi e Namíbia, respectivamente.

Pelo grupo A, eSwathini, Zâmbia e África do Sul estão encaminhados para lutarem por um dos dois lugares que dão direito às meias-finais da prova que decorre até dia 18, em Port Elizabeth, na África do Sul.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos