O País – A verdade como notícia

Semente do milho geneticamente modificado pode aumentar produção da cultura 

Seca no sul e pragas em todo o país. Estes são os maiores e piores inimigos da produção de milho em Moçambique. Mas tudo isto pode mudar se Moçambique começar a usar sementes de milho geneticamente modificado, preparado para resistir à praga e seca. 

São resultados de um ensaio feito durante dois anos na Província de Gaza, mas a perspectiva é que, nos próximos tempos, a semente do milho geneticamente modificado seja absolutamente para todos os produtores. O IIAM garante que o milho geneticamente modificado não apresenta riscos à saúde humana nem dos animais, quanto menos perigam o ambiente.  

E esta segunda-feira, o Ministério da Ciência e Tecnologia realizou um seminário para a divulgação dos resultados do ensaio. Um evento que vai durar dois dias e cuja abertura foi feita pelo Secretário Permanente do Ministério, Celso Laice. 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos