O País – A verdade como notícia

Sector privado doa 1 milhão de meticais para vítimas do terrorismo

Empresários da Província de Maputo congregados na Associação Comercial e Industrial da Matola (ACIM) procederam a entrega, ao Governador Júlio Parruque, de produtos alimentares diversos e outros bens avaliados em pouco mais de 1 milhão de meticais, em apoio às vítimas do terrorismo em Cabo Delgado.

Este donativo é resultado de uma promessa feita pelos empresários da Cidade da Matola, num jantar de angariação de fundos, com vista a apoiar as vítimas dos ataques terroristas em Cabo Delgado.

Na ocasião, a Associação Comercial e Industrial da Matola assumiu o compromisso de proceder à entrega, à posterior, do donativo ao seu parceiro estratégico – o Conselho Islâmico de Moçambique (CISLAMO) para canalizá-lo às vítimas do terrorismo em Cabo Delgado.

Em representação da Associação Comercial e Industrial da Matola, o Director-Geral do Parque Industrial de Beluluane, Onório Boane, destacou, entre outros, que o problema de Cabo Delgado é de todos os moçambicanos, acrescentando que os empresários não pouparão esforços para reunir mais apoios, enquanto os terroristas continuarem a semear dor e luto naquele ponto do País.

Por seu turno, o Governador da Província de Maputo disse ser com sentimento de alívio que o Conselho Executivo Provincial recebeu o apoio do sector privado para reduzir o sofrimento das vítimas do terrorismo em Cabo Delgado.

“Este gesto de caridade dos empresários da Província de Maputo constitui um importante complemento ao movimento nacional de solidariedade para com Cabo Delgado e a obra deve ser continuada de diversas formas”, apelou Júlio Parruque.

Parruque prometeu fazer chegar o donativo aos seus destinatários.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos