O País – A verdade como notícia

Saúde garante mais 320 camas para doentes com COVID-19

O ministro da Saúde, Armindo Tiago, assegurou hoje que o Hospital Geral de Mavalane terá 320 camas, até à próxima semana, para o internamento de doentes com o novo Coronavírus. A mobilização de camas é consequência do aumento de infecções no país, sobretudo na cidade de Maputo.

O governante avançou ainda que três edifícios serão readaptados para responderem a questões de emergência imposta pela pandemia, bem como a instalação de uma tenda com capacidade para albergar 200 camas.

Em todo o país, segundo Armindo Tiago, cerca de 1.500 profissionais de saúde já foram acometidos pela COVID-19. Neste momento, perto de 400 continuam com o vírus no organismo.

O ministro apelou ao reforço da prevenção contra a doença, “independentemente da variante que possa existir” no país. O vírus “não se transporta” sozinho “de um local para outro”, mas sim “de uma pessoa para outra”.

O ministro falava à imprensa após uma visita do Presidente da República, Filipe Nyusi, ao Hospital Central de Maputo (HCM).

Ontem, o director-geral da maior unidade sanitária do país, Mouzinho Saíde, informou que a enfermaria de trânsito ali montada foi transformada num centro de internamento para pacientes com COVID-19. A mesma tem capacidade para 100 camas, mas 65 já estão ocupadas e as outras 35 podem esgotar, a qualquer momento, devido à pressão.

Aliás, no HCM, pelo menos 375 profissionais de saúde foram infectados pelo Coronavírus, 110 dos quais são médicos.

O país tem 290 óbitos devido ao Coronavírus e um total de 10.696 casos activos.

Cumulativamente, 30.848 pessoas já testaram positivos à doença, 19.858 (64.7%) das quais recuperaram.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos