O País – A verdade como notícia

Saúde em primeiro, basquetebol só para semana…

Saúde em primeiro lugar. O desporto, esse, ou melhor, o basquetebol, pode esperar mais um pouco.

É, pois, a pensar na saúde de todos intervenientes do Torneio Nutrição que a Associação de Basquetebol da Cidade de Maputo (ABCM) adiou, este fim-de-semana, a disputa das finais da competição ao nível dos seniores masculinos e femininos.

Para tal, pesou o facto de somente esta sexta-feira os árbitros terem espaço para tomar a segunda dose da vacina contra a COVID-19 na sede do Comité Olímpico de Moçambique, de acordo com o calendário estabelecido pelas autoridades de saúde.

Esta fase complementa a primeira realizada no passado dia 7 de Junho, uma das condições para a retoma do basquetebol na capital do país.

Os principais artistas, neste caso os basquetebolistas, tomaram a segunda dose da vacina na passada segunda-feira, 5 de Julho.

Para além dos atletas de basquetebol, o processo de vacinação envolveu ainda as equipas de futebol que militam no Moçambola-2021, Mambas (que estão a disputar, em Port Elisabeth, África do Sul, o Torneio COSAFA), selecções nacionais de futebol feminino e praia e gestores desportivos.

No campo desportivo, e quanto às datas e locais das esperadas finais do “Nutrição”, há que ressalvar que as mesmas serão antecedidas dos jogos de atribuição do terceiro lugar em masculinos e femininos.

Com efeito, na próxima sexta-feira, 16 de Julho, a “catedral” do basquetebol moçambicano abre as suas portas para acolher, no seu bojo, o duelo A Politécnica vs Maxaquene em seniores masculinos.

Ousados, os “tricolores” quase que “tramavam” o Ferroviário de Maputo nos quartos-de-final, chegando mesmo a estar em vantagem no último quarto.

Não foi preciso, no entanto, fazer milagres para que Macome caísse precocemente no Torneio Nutrição.

Mesmo com a razia sofrida nos últimos anos, a A Politécnica não desistiu. Pelo contrário, foi buscar novos valores da equipa júnior para continuar a competir, tendo dado boas indicações em termos de pontuação no jogos dos “quartos” diante do Costa do Sol.

Por estes e mais motivos, espera-se um jogo bem disputado entre “politécnicos” e “tricolores”.

No pavilhão da A Politécnica, discute-se também o terceiro lugar, em femininos, com a equipa da casa a bater-se com o Desportivo Maputo.

Já no sábado, no pavilhão do Desportivo, temos as grandes finais opondo as equipas do Costa do Sol e Ferroviário de Maputo.

Grande expectativa, grande rivalidade. Estamos, para todos efeitos, em presença de dois “gigantes” da modalidade da bola ao cesto cá da aldeia, pelo que há certeza de que os jogadores tudo farão na quadra para valorizar o espectáculo.

Em masculinos, o Ferroviário de Maputo quer vingar a derrota sofrida na fase regular, enquanto o Costa do Sol parte para este duelo com claro objectivo de provar que não foi obra de acaso. Depois de um jogo de “cortar a respiração” na fase regular, em femininos, advinha-se, outrossim, uma boa propaganda para a modalidade. Arbitragem equilibrada, recomenda-se!

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos