O País – A verdade como notícia

São precisas respostas bíblicas paras as crises sociais

Foto: O País

O primeiro domingo do ano foi marcado pela ordenação de três novos padres católicos em Nampula. Os cristãos rezaram pelo fim da pandemia da COVID-19 e o governador destacou a transição de ano ordeira e pacífica.

Em tempos de crise, quando a ciência não encontra respostas cabais para os problemas reais, a crença no além sobressai como o caminho que leva à luz. A Sé Catedral continua a ser o símbolo mais visível do catolicismo em Nampula, numa região (Norte) onde a religião islâmica mais cresce nos últimos anos.

No primeiro domingo do ano, houve ordenação de três novos padres que têm a missão de levar a palavra de Deus a mais pessoas, num contexto marcado por crises sociais que levam ao desespero das pessoas.

“Hoje, encontramos esta e aquela seita e o povo vai a todas elas, desorientado, porque muitas vezes, nós, pastores, bispos, sacerdotes, diáconos, não nos damos tempo de pregar a palavra de Deus, pregar exactamente naquelas situações de que o povo precisa – situação de doença, de miséria, de amor, de desemprego, de grandes decisões; o povo quer saber o que é que a palavra de Deus lhes diz nesta situação. Então, caríssimos jovens, eu vos recomendo, meditais a palavra de Deus”, aconselhou Ernesto Magungue, bispo auxiliar da diocese de Nampula.

O governador da província, Manuel Rodrigues, também foi ouvir a palavra de Deus e aproveitou para destacar o civismo que marcou a transição do ano.

“Felicitar a toda a população da província de Nampula pela transição do ano caracterizado pela forma ordeira, cívica e sem incidentes dignos de realce. Portanto, a celebração do período de transição na nossa província foi harmoniosa, em paz, graças ao empenho e contribuição de todos nós”, disse.

Neste novo ano, os cristãos suplicam a Deus para que termine a crise sanitária imposta pela pandemia da COVID-19.

“Esperamos que as autoridades de Saúde melhorem no combate ao Coronavírus que impede de celebrarmos em comunhão”, disse Verónica Elias, cristã católica.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos