O País – A verdade como notícia

“São Lucas” já acolhe amostras para análises da COVID-19

O Centro de Saúde São Lucas, que pertence a Faculdade da Ciências e Saúde da Universidade Católica de Moçambique (UCM), juntou-se aos esforços do governo na prevenção contra a propagação da pandemia do novo Coronavírus.

Com efeito desde a semana finda, o centro, em parceria com o sector de saúde na cidade da Beira, passou a recolher amostras da COVID-19 a pacientes suspeitos que residem nos arredores daquela instituição de saúde, nomeadamente os bairros de Inhamudima, Chipangara e Macurungo.

“São comunidades muito desfavorecidas e com as recomendações do Ministério da Saúde, segundo a qual cada unidade sanitária deve ter um gabinete da tosse, criamos condições de ter aqui um gabinete que há vários dias esta a atender as comunidades locais e todos os casos suspeitos da COVID-19 são testados. O processo de colecta das amostras decorre dentro dos critérios instituídos pela Organização Mundial da Saúde, com vista a evitar possíveis contaminações e misturas. São submetidos a testes neste centro todos os casos suspeitos, independentemente da idade ou sexo". – explicou George Peter director Centro de Saúde São Lucas. 

As amostras recolhidas no Centro de Saúde São Lucas, são depois enviadas para o Instituto Nacional de Saúde, em Maputo, onde em dois dias os resultados ficam disponíveis. Felizmente das  23 amostras colhidas até na passada sexta-feira no referido centro,   todos os resultados foram negativos. 

Com a cabine de "São Lucas", a cidade da Beira passa a ter dois pontos para a colecta de amostras da pandemia do novo Coronavírus. O primeiro está a funcionar dentro do recinto do  Hospital Central da Beira, desde a segunda-feira da semana passada e a sua montagem contou com o apoio do grupo SOS corona. 

O Centro de Saúde São Lucas, está igualmente a se preparar para montar uma sala de acolhimento de doentes padecendo ou suspeitos de estarem infectados com a COVID-19, que depois deverão ser encaminhados aos centros de tratamento da doença.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos