O País – A verdade como notícia

Rússia fecha escritórios da Amnistia Internacional e Human Rights Watch

A Rússia anunciou, ontem, o encerramento dos escritórios locais de várias organizações não-governamentais (ONGs) de direitos humanos, incluindo a Amnistia Internacional (AI) e a Human Rights Watch (HRW).

“A representação local da AI (Reino Unido) e da HRW (Estados Unidos) foram excluídas do registo oficial de organizações não-governamentais estrangeiras na Rússia, devido a violações da legislação russa”, segundo um comunicado publicado esta sexta-feira pelo Ministério da Justiça russo, citado pelo Notícias ao Minuto.

Entre as outras ONGs excluídas do registo, 15 no total, estão a Carnegie Foundation for International Peace (Estados Unidos), a Friedrich Naumann Foundation for Freedom  (Alemanha) e a Friedrich Ebert Foundation  (Alemanha).

“Hoje as autoridades russas encerraram as representações da Amnistia Internacional e outras ONGs internacionais”, lê-se no comunicado.

A HRW, instituída na Rússia há 30 anos, também garantiu que iria continuar o seu trabalho no país.

“A HRW está presente na Rússia desde os tempos soviéticos, quando era um estado totalitário fechado. Encontramos maneiras de documentar os abusos dos direitos humanos na época e faremos isso no futuro”, disse em comunicado a vice-diretora da Divisão Europa e Ásia Central daquela ONG, Rachel Denber.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos