O País – A verdade como notícia

Rússia anuncia cessar-fogo temporário

A Rússia anunciou, este sábado, cessar-fogo temporário para abertura de corredores humanitários que permitam a retirada de civis nas cidades ucranianas de Mariupol e Volnovaja, escreve o Observador.

Segundo a fonte, o cessar-fogo serve apenas para abrir corredores humanitários. Quatro cidades estarão cercadas e a Rússia capturou, depois de já ter tomado Kherson, Trostyanets, no norte da Ucrânia.

Ao décimo dia de invasão à Ucrânia, o porto estratégico de Mariupol, no leste da Ucrânia, continua a ser alvo de “ataques impiedosos” por parte do exército russo há já cinco dias. Neste momento, a localidade encontra-se “sob bloqueio” por parte das tropas invasoras, ecsreve Notícias ao Minuto.

Já o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, permanece com uma postura crítica face à NATO, pelo facto da aliança se recusar a impor uma zona de exclusão aérea sobre a Ucrânia.

 

UCRANIANOS TÊM CINCO HORAS PARA ABANDONAR MARIUPOL

A população da Mariupol, na Ucrânia, têm cinco horas para abandonar a cidade.

Segundo informações recentes da Câmara Municipal de Mariupol, citadas pela Sky News, a evacuação de civis de Mariupol começou às 11 horas locais e deverá durar até às 16 horas deste sábado.

Uma notícia que foi, inicialmente, divulgada pela Rússia, mas que veio depois a ser confirmada pelas autoridades ucranianas, as quais garantem o estabelecimento de “corredores humanitários” destinados à evacuação de civis das cidades de Mariupol e de Volnovaja.

Em causa está uma medida que surge na sequência do “cessar-fogo temporário” acordado entre russos e ucranianos, que segundo confirmado por Pavlo Kirilenko, chefe da administração militar da região de Donetsk, começou já às 9 horas locais
De acordo com a Rússia, citada pela Sky News, ainda não existem grandes informações acerca da evacuação na cidade de Volnovaja.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos