O País – A verdade como notícia

Rogério Zandamela elogia volta do FMI

Foto: O País

O Governador do Banco de Moçambique, Rogério Zandamela, elogiou, hoje a volta do apoio vindo do Fundo Monetário Internacional, fruto de um novo acordo alcançado entre o Governo e o Fundo.

Mais do que os 470 milhões de dólares que o país vai receber do FMI num programa de três anos e com taxas de juro nula, o Governador do Banco Central diz que não se pode “subestimar este acto”, que ele chama de “recuperação da cidadania financeira do país a nível internacional”.

Zandamela recordou que, antes de saírem do país, os parceiros internacionais davam, anualmente, cerca de 800 milhões de dólares e o “Governo teve de gerir o país sem esse valor”. “Estivemos perto do pior, quase a sermos excluídos e considerados um país falido”, diz Rogério Zandamela.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos