O País – A verdade como notícia

Restabelecida a transitabilidade entre Mocubela-Pebane

Dados da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (DNGRH) indicam que, nas últimas 24 horas, houve registo de chuva moderada a forte na rede nacional de observação hidroclimatológica, destacando-se as bacias dos rios Umbeluzi em Goba; Mutamba em Jangamo; Limpopo em Pafuri; Cidade da Beira na Ponta Gêa; e Rovuma em Mavago.

No norte do país, as bacias hidrográficas dos rios Monapo, Meluli e costeiras da província de Nampula mantêm elevado volume de escoamento, no entanto, a tendência é de redução gradual, face ao abrandamento de chuvas.

Na região centro, as bacias hidrográficas dos rios Raraga, Licungo, Namacurra e costeiras da província da Zambézia continuam com altos volumes de escoamento e, prevalece o cenário de inundações nas zonas baixas.

O baixo Zambeze, distrito de Nicoadala regista ainda inundações, porém a DNGRH refere que foi restabelecida a transitabilidade dos postos administrativos de Mocubela e Pebane, em virtude da diminuição do caudal do rio Nipiode. As restantes bacias hidrográficas registam nível hidrométrico oscilatório com tendência a baixar.

Face às previsões meteorológicas e a situação hidrológica prevalecente, para as próximas 72 horas, a DNGRH prevê um aumento significativo do volume de escoamento, nas bacias hidrográficas dos rios Búzi, Púnguè e redução gradual nas bacias dos rios Licungo, Raraga, Molocué, Ligonha, Meluli, Monapo e bacias costeiras das províncias de Nampula e Zambézia, prevalecendo o cenário de inundações nas zonas baixas e ribeirinhas. Prevê ainda inundações urbanas nas cidades da Beira e Dondo e erosão pluvial para as cidades de Chimoio, Dondo e vila de Sussundenga.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos