O País – A verdade como notícia

Renamo reivindica vitória em cinco autarquias

A Renamo através do seu coordenador interino, Ossufo Momade reivindica vitória nos municípios da Matola, Marromeu, Moatize, Alto Molocué e Monapo, e, considera que o processo de votação foi fraudulento.

Ossufo Momade diz que “em países onde as eleições são o expoente máximo da democracia e da cidadania não há duvidas que nestas cinco autarquias a vitória é pertencente a Renamo. Mas contra práticas ilícitas que arrepiam o jogo democrático, o Conselho Constitucional optou por obedecer ordens político-partidárias da Frelimo  e não a Constituição e a Lei, por isso de forma vergonhosa e escandalosa validou os resultados”.

Face a essas irregularidades, Ossufo Momade apela à intervenção do Presidente da República e da Comunidade Internacional para repor aquilo que chama de justiça eleitoral como forma de evitar um novo conflito.

“Porque estamos inconformados com estes resultados, voltamos a apelar ao Presidente da Republica à Comunidade Internacional representada em Moçambique…para que ajudem a repor a verdade eleitoral do dia 10 de Outubro de 2018 de modo a evitarmos colectivamente mais um conflito pós-eleitoral e é neste sentido que voltamos a exigir a criação de uma Comissão de Inquérito Independente”, propôs Momade.

O Conselho de Ministros agendou para a próxima quinta-feira a repetição das eleições em oito mesas da autarquia de Marromeu, província de Sofala.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos