O País – A verdade como notícia

Renamo promete governação transparente e sem corrupção

António Muchanga escala Matola e pede voto com garantias de melhorar os serviços sociais básicos e acabar com a corrupção na província de Maputo.

Um dia depois de o líder da Renamo Ossufo Momade ter escalado Matola, a Renamo chefiada pelo seu cabeça-de-lista na corrida ao cargo de governador da província de Maputo, António Muchanga, escalou o mesmo município. O mercado da Madruga, um dos mais antigos e procurados pelos municípios da Matola e pelo público no geral, foi o local escolhido por António Muchanga onde em contacto interpessoal explicava a sua estratégia de governação para os próximos cinco anos caso seja eleito para o cargo em disputa.

Na área da educação António Muchanga promete construir escolas condignas e nenhuma criança vai estudar debaixo das árvores tal como acontece em alguns pontos da província, serão melhoradas as condições de trabalho dos professores de modo a garantirem o ensino com qualidade.

Melhores condições também serão oferecidas aos funcionários de saúde e os hospitais não terão escassez de medicamentos. A construção e reabilitação de estradas, o alargamento da rede de abastecimento de água e de corrente elétrica, a criação de mais postes de emprego para jovens em especial, são outras garantias dadas por Muchanga.

Na ocasião este corrente ao cargo de governador provincial esclareceu que o seu plano de governação será transparente e inclusivo pelo que não dará trégua a corrupção. Hoje quinto dia da campanha, o cabeça-de-lista da Renamo na província de Maputo escolheu trabalhar no distrito de Marracuene.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos