O País – A verdade como notícia

Renamo não concorda com data fixada para arranque do recenseamento no país

A Renamo não concorda com a data marcada pelo Governo para o arranque do recenseamento eleitoral.

O chefe do Departamento de Organização e Estatística da Renamo, Augusto Fernando que se encontra em Nampula avançou que o seu partido poderá concorrer para uma inscrição deficitária porque o período marcado é curto para os eleitores afectados pelo ciclone Idai fixarem residências.

A Renamo diz que não vê de bons olhos a fixação daquela da data e defende que poderá haver aproveitamento político.

Em Nampula a Brigada Central da Renamo trabalhou com as bases do partido para avaliar o seu nível de preparação.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos