O País – A verdade como notícia

Reino de Eswatini em lockdown desde meia-noite de sexta-feira

O Reino de Eswatini está em lockdown por pelo menos duas semanas, desde a meia-noite de sexta-feira, e agravou as restrições para conter o aumento de infecções pela COVID-19.

De acordo com o primeiro-ministro de Eswatini, Themba Masuku, encontros com aglomerações são proibidos, excepto nos funerais, que são limitados a duas horas e com participação máxima de 50 pessoas.

As autoridades explicaram que indivíduos de diferentes famílias são obrigados a observar o distanciamento social de pelo menos um metro.

As máscaras faciais são obrigatórias nos transportes e outros locais públicos. Ademais, o Reino de Eswatini aconselha trabalhar em casa, sempre que possível e as empresas devem fechar até às 18h00.

As restrições nos sectores de venda e consumo de álcool mantêm-se, devendo a actividades ser exercida apenas das 11h00 às 16h00 entre segunda e quinta-feira. O recolher obrigatório permanece em vigor das 23h00 às 04h00.

Segundo as autoridades, o transporte transfronteiriço de carga não será permitido durante o período noturno do toque de recolher, excepto para indústrias envolvidas em serviços médicos essenciais. Entretanto, deve haver cumprimento dos protocolos e padrões estabelecidos pela SADC.

Themba Masuku disse que as viagens ao exterior são proibidas, excepto para fins essenciais, tais como médicos, estudo, trabalho e negócios. “Os nossos oficiais de fronteira examinarão cuidadosamente toda a documentação para verificar se está” conforme e obedece os requisitos impostos pelas autoridades.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos