O País – A verdade como notícia

Reinildo Mandava nos “dezasseis-avos” da Taça da França

Foto: LOSC Lille

Numa partida na qual o internacional moçambicano Reinildo Mandava entrou a substituir (78’) Adilson Gomes, o LOSC Lille venceu sábado o Auxxere (3-1) e seguiu para os dezasseis-avos-de-final da Taça da França.

Mandava, habitual titular, foi lançado para o jogo por Jocelyn Gourvennec quando os “Dogues” já tinham praticamente garantido a vitória. Aliás, o técnico francês poupou ainda Renato Sanches, internacional português que igualmente foi lançado na segunda metade desta partida.

O  Lille inaugurou o marcador aos 21’ por intermédio de Angel Gomes. O futebolista inglês rematou forte para o fundo das malhas da baliza de Theó de Percin.

Não demorou muito e, aos 33’, os “Dogues” chegaram ao segundo golo apontado por Jonathan David. Burak Yilmaz  assistiu o companheiro de equipa que, em posição privilegiada, atirou a contar.

E, aos 39’, foi a vez de Zeki Çelik assinar o livro, após receber um passe de Amadou Onana. Aos três minutos da segunda etapa, o Auxerre, terceiro classificado da II Liga, reduziu a desvantagem por intermédio de  Rémy Dugimont. Paul Joly cobrou um canto na direita do ataque do Auxerre, com o colega a aparecer livre de qualquer marcação no segundo poste e a marcar.

O Lille teve tudo para fazer o quarto golo aos 52’ com Yilmaz, mas Théo de Percin esteve em grande plano ao negar o golo. Depois, aos 27’, o Auxerre viu Aly Ndom estar perto de marcar num remate forte devolvido pelo poste.

“Fomos a melhor equipa em todo o jogo, apesar de um início de metade bastante difícil. Lutamos para entrar no ritmo, para sermos mais móveis, para mudar o ritmo. O golo inaugural nos fez bem, então pressionamos. Os jogadores foram muito sérios e eficientes, para ganharmos a vantagem. O facto de termos sofrido um golo muito rapidamente na segunda parte colocou o Auxerre de volta ao jogo. Não conseguimos marcar o quarto, mas controlamos muito bem defensivamente. Mas, é verdade que poderíamos ter tornado a segunda parte mais fácil. Gostei muito da seriedade e do comprometimento dos jogadores”, disse Jocelyn Gourvennec, treinador do Lille.

O Lille irá encerrar o ano 2021 na próxima quarta-feira, 22 de Dezembro, quando se deslocar ao terreno do Bordéus do compatriota Mexer, conjunto com o qual se vai bater em jogo da 18ª jornada da Ligue 1, campeonato francês de futebol.

À entrada desta ronda, o conjunto de Reinildo Mandava ocupa a 11ª posição com 25 pontos, os mesmos que o Nantes, um degrau acima. O Lille apresenta seis vitórias, igual número de empates e cinco derrotas. Mais: um saldo de 23 golos marcados e 24 sofridos.

O Bordéus é 15º classificado com 17 pontos, sendo que, em 17 partidas, venceu apenas três, empatou oito e perdeu sete. O seu saldo é de 28 golos marcados e 40 sofridos.

 

GENY CATAMO NA VITÓRIA DO SPORTING DIANTE DO GIL VICENTE

O internacional moçambicano não saiu do banco na vitória, sábado, do Sporting em casa do Gil Vicente, por 3-0, em desafio inserido na 15ª jornada da Liga Portuguesa de futebol.

Catamo, avançado de 20 anos, e José Marsà, central espanhol de 19, foram as grandes surpresas na convocatória de Ruben Amorim para o duelo em Barcelona, uma vez que nunca jogaram pela equipa principal esta temporada.

O jogo em Barcelos começou atribulado, com duas expulsões nos primeiros 20 minutos (Fujimoto e Neto) e, pouco depois, um penálti falhado por Pedro Gonçalves. Os ‘leões’ acabaram por dominar após o descanso, com Nuno Santos (53), Gonçalo Inácio (64) e Daniel Bragança (90+3) a selarem o 10.º triunfo consecutivo na I Liga.

Para este jogo, Rúben Amorim já pôde contar com Paulinho, que saiu do isolamento devido à COVID-19, e com Palhinha, recuperado de lesão, mas só o primeiro teve entrada directa no onze. Ugarte manteve a titularidade e Gonçalo Esteves estreou-se na I Liga, face às ausências de Pedro Porro e Ricardo Esgaio.

Numa primeira parte recheada de peripécias, Gil Vicente viu-se reduzido a dez logo aos 12 minutos de jogo, com Tiago Martins a expulsar Fujimoto, na sequência de uma entrada de sola sobre Matheus Reis.

A equipa de Ricardo Soares recuou de imediato as linhas defensivas, mas aos 21′ houve nova expulsão, desta vez do lado do Sporting. Tiago Martins começou por mostrar o vermelho a Ugarte, mas corrigiu após visualizar as imagens e expulsou Neto, que agrediu Pedrinho com uma cabeçada. Agora, em 10-10, Gil Vicente foi o primeiro a assustar, num remate de Talocha (27′), servido de calcanhar por Samuel Lino, mas que Matheus Reis conseguiu interceptar. Murilo ainda tentou a recarga, mas sem sucesso. Tiago Martins entendeu que o corte do brasileiro foi com o braço de apoio e mandou seguir.

Aos 31′, Nuno Santos entrou para o lugar de Sarabia e fez o corredor esquerdo, com o Sporting a regressar a uma linha de cinco na defesa. Pouco tempo depois, Ugarte caiu na área gilista após carga de Vítor Carvalho, Tiago Martins foi ao VAR e assinalou grande penalidade. Na conversão, Pedro Gonçalves atirou com força, mas Frelhi adivinhou o lado e defendeu.

O empate justificava-se após uma primeira parte, na qual pouco futebol se jogou, mas o Sporting regressou do descanso determinado a chegar ao golo, que apareceu aos 53′: passe arriscado de Rúben Fernandes, directamente para os pés de Nuno Santos, que atirou ao primeiro poste, com a bola a desviar em Lucas Cunha e a entrar no outro lado da baliza de Frelih.

Palhinha foi lançado para o lugar de Ugarte e, aos 63′, Paulinho esteve muito perto de fazer o segundo, após nova perda de bola do Gil Vicente. O remate do avançado desviou em Rúben Fernandes e acabou por sair pela linha de fundo, já fora do alcance de Frelih.

Não foi preciso esperar muito pelo 2-0. Na sequência desse canto, a bola sobrou para a entrada da área onde Pedro Gonçalves rematou forte para o fundo das redes, sendo que o esférico ainda tocou no calcanhar de Gonçalo Inácio (64′) antes de entrar.

Pote bem procurou o 3-0, mas seria Daniel Bragança, já nos descontos, a assinar o seu primeiro golo na I Liga. Paulinho fez tudo bem na direita e deixou para o esquerdino, que rematou na passada e colocado para o fundo das redes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos