O País – A verdade como notícia

Registados dois casos de desvio de medicamentos em Inhambane

Apesar do reforço de medidas de controlo para evitar o desvio de medicamentos hospitalares, a província de Inhambane anunciou o registo de dois casos de desvio de fármacos que envolvem funcionários do sector da Saúde, que ainda estão a ser investigados

Uma situação que continua a preocupar as autoridades de Saúde no país em geral e, particularmente, as da província de Inhambane, numa altura em que se anunciam várias medidas de apertar o cerco, para controlar os prevaricadores que se envolvem em esquemas que colocam em causa, a disponibilidade de medicamentos, em várias unidades sanitárias. Há ainda registo de pessoas que resistem às medidas impostas e roubam medicamentos. Segundo o médico chefe-provincial, já foram registados dois casos, durante o primeiro trimestre do presente ano dos quais, um caso, no município da capital provincial-Inhambane e o segundo, no município da Maxixe.

“Não podemos assegurar categoricamente que já estamos seguros nesta questão de controlo, no desvio de materiais médico-cirúrgicos, porque, muito recentemente acompanhamos dois casos de desvio e as pessoas encontradas não são funcionárias das unidades hospitalares, o que significa que, há conivência com os agentes e funcionários do sector, daí que, ainda continuamos a intensificar medidas, para prevenir casos similares que acabam colocando em causa a disponibilidade do que era necessário, para as nossas unidades sanitárias”, disse Stélio Tembe, tendo advertido que os dois casos registados na Cidade de Inhambane e Maxixe ainda estão sob investigações, das estruturas competentes.

Por outro lado, a província recebeu stock suficiente de fármacos, para assegurar o pleno funcionamento das unidades sanitárias, durante seis meses, ou seja, até Setembro do presente ano.

Até quinta-feira, já haviam chegado cinco camiões com medicamentos, que estão a ser distribuídos para as unidades sanitárias espalhadas pelos 14 distritos.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos