O País – A verdade como notícia

Recrudescimento dos raptos preocupa CNDS

Foto: O País

Reunido hoje, na Cidade de Maputo, na sua VIII Sessão Ordinária, orientada pelo Presidente da República e Comandante-Chefe das Forças de Defesa e Segurança, Filipe Nyusi, o Conselho Nacional de Defesa e Segurança (CNDS) expressou a sua preocupação com o recrudescimento dos raptos no país.

Além dos sequestros, os acidentes de aviação estão no rol das preocupações do CNDS, tendo, por isso, lamentado a persistência de sinistros que recorrentemente têm semeado luto nas estradas nacionais.

Para evitar tais situações, o CNDS instou as Forças de Defesa e Segurança (FDS) a envidarem esforços com vista a devolverem a segurança às vítimas e punir exemplarmente os sequestradores. Relativamente aos acidentes de viação, apelou aos moçambicanos para observarem todas as medidas de precaução, bem como respeitar as regras de trânsito.

Sobre o Teatro Operacional Norte, o CNDS congratulou as FDS e seus parceiros pela melhoria assinalável da situação de segurança, tranquilidade e ordem públicas na província de Cabo Delgado.

O CNDS reiterou a necessidade de as FDS redobrarem esforços com vista à protecção dos moçambicanos e dos seus bens, tendo em vista evitar a degradação das condições de vida, bem como consolidar a segurança das populações.

O CNDS encorajou o Presidente da República, Filipe Nyusi, a prosseguir com as reformas em curso, com vista a imprimir maior dinâmica às FDS e dotá-las de capacidade compatível com os desafios que o país enfrenta.

O CNDS encorajou o Governo de Moçambique a prosseguir com as démarches com vista a concretizar a candidatura de Moçambique a membro não-permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em reconhecimento do papel deste órgão na tomada de decisões relevantes sobre os assuntos de interesse global.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos