O País – A verdade como notícia

Reconstrução de 22 casas incendiadas ainda sem data para o arranque

As obras de reconstrução das casas das 22 famílias  do bairro Chamanculo “D”, que tudo perderam por conta do incêndio da última quinta-feira, podem estar comprometidas, pois ainda não há uma data definida para o arranque.

No local do incêndio, já foram concluídos os trabalhos de limpeza dos escombros, mas as marcas do incêndio continuam.

Vários apoios estão a ser canalizados para aquelas famílias que perderam tudo por conta da força do fogo. Já há também sacos de cimento, barrotes, chapas de cobertura e ferros de construção. No entanto, o que não se sabe é a data em que as obras vão arrancar.

 “Nós ainda não definimos quando é que vai começar a reconstrução, mas, esta segunda-feira, uma equipa técnica do Conselho Municipal de Maputo estará aqui para discutirmos o plano. Primeiro, temos de fazer a melhor gestão deste espaço. Nós esperamos que,  ainda esta semana, iniciem as obras para erguer as casas, de modo que estas pessoas voltem à sua vida normal”, disse Zeferino Chioco, vereador do distrito municipal KaLhamanculo, tendo depois acrescentado que há planos sólidos para a construção de casas convencionais naquele local.

“Existe esse plano de construir casas convencionais, uma vez que já temos cimento, chapas e ferros, faltando blocos e areia. Mas, outro material em falta continuará a chegar”.

A expectativa é enorme no seio daquelas famílias que, enquanto as obras não arrancam, buscam consolo em conversas e também em actividades domésticas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos