O País – A verdade como notícia

Reabertura das fronteiras sul-africanas aumenta expectativas de “Mukheristas”

Mukheristas que operam no mercado grossista do Zimpeto estão satisfeitas com o anúncio da reabertura das fronteiras sul-africanas a 1 de Outubro próximo. Enquanto isso, o presidente da Associação dos Mukheristas, Sudecar Novela, receia que os mercados fiquem vazios, devido à corrida para compra dos produtos na África do Sul

Devido à pandemia da COVID-19, as fronteiras terrestres entre Moçambique e África do Sul estiveram encerradas desde Março, com efeitos negativos para a economia de ambos os territórios.

Durante o período em que vigorou o controlo das fronteiras, estiveram impedidas as deslocações turísticas e de lazer entre os dois países, tendo apenas sido permitida a circulação de transportes de mercadorias e de trabalhadores transfronteiriços.

No mercado grossista do Zimpeto, com pequenos importadores, vulgos Mukheristas, que operam no local, já se espera com ansiedade a reabertura do posto transfronteiriço de Ressano Garcia, no dia 1 de Outubro próximo.

Maria Madalena é um dos rostos de muitos que ficam satisfeitos com a notícia. Entretanto, Sudecar Novela, presidente da Associação dos Mukheristas, apela mais esclarecimentos de ambos os governos, sobre as condições de travessia nas fronteiras terrestres.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos