O País – A verdade como notícia

Reaberto o Centro de Saúde Matola Santos

Foto: O País

Já reabriu para o atendimento ao público o Centro de Saúde Matola Santos que tem encerrado, sucessivamente, as portas devido às inundações e alagamentos nos acessos. As autoridades de saúde precisam de 10 milhões de Meticais para a restauração do sistema de drenagem de águas pluviais.

Anazelia João, residente  do bairro Matola Santos, esteve na unidade sanitária na manhã desta terça-feira e contou o drama que ela e os outros residentes têm enfrentado. “Passamos muito mal, porque os outros hospitais estão muito longe daqui, às vezes não temos dinheiro de chapa, para podermos chegar lá. Está um pouco melhor e conseguimos ter acesso ao hospital”, disse.

As recorrentes interrupções fazem com que reduza o número de utentes que procuram pela unidade sanitária. Nilza de Jesus, directora da unidade sanitária, revela que, actualmente, recebem e atendem uma média diária de 50 a 80 doentes contra 250 que eram atendidos antes dos encerramentos sucessivos devido às inundações e alagamentos causados pela chuva.

“O fluxo não é aquele a que estávamos habituados, mas os pacientes estão a voltar, temos estado a trabalhar com a nossa comunidade, os chefes de quarteirão para fazer chegar a informação à população de que o centro de saúde já está aberto. Há, de facto, falta de informação, mas, aliado a isso, há falta de segurança, uma vez que abrimos e fechamos quase sempre”, referiu Nilza de Jesus.

Há, neste momento, de acordo com Daniel Chemane, director da Saúde na Província de Maputo, um trabalho em curso que envolve o Município da Matola, sector das obras públicas, parceiros e o sector da saúde para a reposição do sistema de drenagem de águas pluviais e, para o efeito, são necessários 10 milhões de Meticais.

“Seria mais uma reabilitação mais profunda, porque há caixas destruídas, outras entupidas e há uma necessidade de fazer o aumento do leito da vala de drenagem para que qualquer chuva seja drenada com facilidade”, disse.

O Centro de Saúde Matola Santos está também em busca de fundos para a construção de uma maternidade e banco de socorros, serviços que, neste momento, não existem.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos