O País – A verdade como notícia

Ré Ângela Leão explica hoje em tribunal contradições de Fabião Mabunda

Foto: O País

As declarações do réu Fabião Mabunda não batem com as informações da acusação. O réu disse que não recebia nenhum comando de Ângela Leão para gerir o valor da Privinvest, o que diverge com os dados em posse do Ministério Público. Qual é a verdade? É o que o tribunal vai tentar obter no interrogatório de hoje.

O réu Fabião Mabunda disse, em tribunal, ter tido dinheiro da Privinvest, no âmbito do contrato para a construção de infra-estruturas de protecção da Zona Económica Exclusiva e outro valor que recebeu em mão de Ângela Leão como pagamento pela obra que estava a executar da esposa do antigo director-geral do Serviço de Informação e Segurança do Estado (SISE).

“Eu estava a fazer obras para Ângela. Uma vez, ela disse-me que tinha muitas pessoas por pagar e gostaria de que eu fizesse os pagamentos por ela, porque estava com pouco tempo. Disse para levar o dinheiro, para deduzir o valor das minhas obras e que ia indicar-me as pessoas a quem deveria pagar”, disse Mabunda na audição de segunda-feira, tentando argumentar que é por isso que fez transferências para contas indicadas por Ângela Leão.

Para a verba recebida da Privinvest, Mabunda tinha outra versão. Diz ter devolvido o valor a um dos responsáveis deste grupo empresarial.

E para dissipar dúvidas se Ângela Leão tinha algum comando no valor da Privinvest, o advogado de Mabunda questionou se a ré teve alguma intervenção no dinheiro, ao que o réu disse “nunca”.

Bem contada ou não, a versão de Mabunda contradiz as informações da acusação. É que, segundo o Ministério Público, os cerca de nove milhões de dólares que caíram na conta da M. Moçambique Construções, empresa de Fabião Mabunda, eram destinados a Gregório Leão, marido de Ângela Leão, e foi a sua esposa a dar indicações de contas para as quais Mabunda tinha de transferir o valor.

Duas versões e uma ré da qual se vai buscar respostas. Ângela Leão é quem segue ao tribunal para deixar a sua versão hoje.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos