O País – A verdade como notícia

Ramaphosa promete trabalhar com países africanos no desenvolvimento do continente

Cyril Ramaphosa é oficialmente o quinto Presidente da África do Sul após a queda apartheid.

Mais de 30 mil pessoas juntaram-se este sábado em Pretória para acompanhar o empossamento de Cyril Ramaphosa, reeleito Presidente da República quarta-feira pelo parlamento, após a vitória do ANC, nas eleições legislativas de 8 de Maio.

A cerimónia solene foi presenciada por vários chefes de Estado africanos e do mundo, com destaque para o estadista moçambicano Filipe Nyusi, do Senegal Macky Sall, do Ruanda Paul Kagame, da Namíbia Hage Geingob e outros, além de personalidades entre elas o antigo estadista sul-africano Thabo Mbeque, a viúva de Nelson Mandela, Graça Machel entre outros.

Ramaphosa chegou as 11 horas ao Estádio acompanhado de sua esposa. Orações abençoaram o evento e antecederam o juramento de posse. Seguiram-se um show de paraquedismo, salvas de canhão e a revista a guarda de honra.

No discurso de tomada de posse, o quinto Presidente da África do Sul começou garantir trabalhar com os países africanos no desenvolvimento do continente.

Internamente, o actual Chefe do Estado apelou a união entre as diferentes forças políticas em prol do interesse nacional.

E tal como foi sua bandeira durante a campanha eleitoral, voltou a apelar a combate a corrupção.

O dia de tomada de posse do novo presidente coincidiu com o Dia de África, O Dia foi estabelecido pela União Africana (UA) em 25 de maio de 1963, é comemorado no continente e internacionalmente.

E por ser dia de festa, a cerimónia terminou com celebração, mesmo a moda sul-africana.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos