O País – A verdade como notícia

Quinta edição do Seminário de Jornalismo Cultural arranca amanhã

A quinta edição do Seminário de Jornalismo Cultural vai realizar-se via online, a partir das 17 horas desta quinta-feira.

Durante dois dias, esta quinta e sexta-feira, vai decorrer a quinta edição do Seminário de Jornalismo Cultural. Este ano, e por razões óbvias, a iniciativa da SóArte Media, em parceria com a IVERCA e o Camões – Centro Cultural Português em Maputo, será integralmente online.

De acordo com o comunicado de imprensa sobre o evento, a edição 2021 do Seminário de Jornalismo Cultural “será carregada de simbolismo, tendo em conta o percurso do projecto na história da comunicação e cultura em Moçambique, resistindo às constantes mudanças de contextos, sobretudo nos últimos dois anos, e criando fóruns de discussão sobre o papel do jornalismo na consolidação do ecossistema cultural no país”.

A organização do Seminário de Jornalismo Cultural lembra, no mesmo comunicado, que nos últimos cincos anos é notório o aparecimento de canais alternativos que procuram construir novos espaços para a arte. Segundo o Seminário, o exemplo dessa realidade são as plataformas digitais que se dedicam à produção de conteúdos em diversos formatos para um público cada vez mais abrangente.

Ora, nesta edição, o Seminário de Jornalismo Cultural propõe reflexões que espelhem as actuais narrativas e os caminhos a trilhar para o posicionamento do sector criativo. Assim, na sessão inaugural do seminário estará em debate o tema “Cultura como objecto de política pública”, com três oradores: Eduardo Lichuge (Docente/Pesquisador da ECA – UEM), Rufas Maculuve (Músico/docente do ISARC) e Ivan Bonde (Director do INICC), sob a moderação da professora de literatura Sara Jonas.

Já a segunda e última sessão vai compreender a conversa sobre o tema “Jornalismo Cultural na Internet: sustentabilidade e novas abordagens”, com os oradores: Hélio Inguane (MBENGA), Eduardo Quive (CATALOGUS), Hugo Chichava e Márcio Luz (KUBULA), sob moderação da bloguista Carina Capitine.

O Seminário arranca às 17 horas desta quinta-feira e pode ser acompanhada nas páginas Facebook do Camões, Museu Mafalala e SóArte Media.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos