O País – A verdade como notícia

Quénia vai investir na agricultura em Cabo Delgado

A República do Quénia via investir na agricultura em Cabo Delgado, onde pretende produzir cereais e frutas.

Para o efeito, empresários e especialistas Quenianos, visitaram a província para avaliar o potencial existente.

Empresários Quenianos, estão a procura de terras em Cabo Delgado para produzir arroz, milho e abacate, numa escala industrial, para o mercado nacional e para exportação.

A intenção foi confirmada pelo Chefe da missão empresarial do Quénia, que recentemente visitou a província na companhia de especialistas em agricultura que vão implementar um projecto denominado MOZKEN.
 
“Com o projecto Mozken, esperamos contribuir para o desenvolvimento de Moçambique e de Cabo Delgado em particular, uma vez que para além de transferência de tecnologias e criação de postos de emprego para as comunidades locais, como empresários, vamos pagar taxas ao governo moçambicano”, disse James Mathengue, Chefe da missão empresarial do Quénia .

O governo da província está aberto ao investimento Queniano, e garante todo apoio necessário para implementação do projecto MozKen.
 
A província de Cabo Delgado tem terras férteis para agricultura, mas precisa de grandes investimentos em infraestruturas hídricas devido a crise de água, uma vez que a maior parte dos rios são periódicos e as poucas reservas existentes, estão abaixo da capacidade de retenção, devido a queda irregular das chuvas.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos