O País – A verdade como notícia

Queda de ponte sobre rio Muera isola cinco distritos de Cabo Delgado

Os cinco distritos da zona norte de Cabo Delgado estão parcialmente isolados do resto da província, devido a queda da ponte sobre o rio Muera, localizada na estrada R 380, exactamente na fronteira entre os distritos de Muidumbe e Mocimboa da Praia.

Trata-se de uma infra-estrutura metálica que desabou no dia 31 de Dezembro último, que não resistiu ao peso de um camião pertencente a uma empresa chinesa, que transportava dois contentores, cujo o conteúdo e destino não foi revelado.

Actualmente, só se pode  chegar aos distritos de Mueda, Nangade, Mocimboa da Praia e Palma, a partir de uma estrada de terra batida que passa por Namacande, a sede do distrito de Muidumbe, onde  só é possível atravessar com  viaturas ligeiras e com tracção a quatro rodas, devido às acentuadas subidas ao longo da via.

A informação foi confirmada pelo governo provincial, que devido a complexa localização da infra-estrutura, continua a procura de alternativas para remoção da viatura, e uma solução para reabertura da estrada que também dá acesso a vizinha República da Tanzânia.

Entretanto, segundo apurou O País, com mais de 200 quilómetros de extensão, a Estrada R 380 que parte da aldeia Salaue no distrito de Ancuabe, ao Posto Administrativo de Auasse em Mocimboa da Praia, podera ficar interrompida em vários pontos, devido às chuvas que ameaçam destruir mais pontes, maior parte das quais metálicas, instaladas há mais de 10 anos, e que reclamam de reabilitação.

A última ponte metálica ao longo da via, foi erguida em 2014, no rio Messalo, na sequência da queda de uma outra construída de betão armado, que foi arrastado pela fúria das águas.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos