O País – A verdade como notícia

Quatro agentes da PRM acusados de homicídio em Inhambane

Quatro membros da Polícia da República de Moçambique (PRM) estão detidos, em Inhambane, acusados de matar quatro pessoas.

O crime aconteceu no ano passado, no distrito de Funhalouro, local onde foram encontrados quatro corpos abandonados numa mata.

São acusados de protagonizar o crime o comandante distrital da PRM de Maxixe, o chefe das operações e outros dois chefes de sector.

Por causa das detenções, o comando distrital da Maxixe opera com uma direcção interina.

De acordo com o porta-voz do Comando Geral da PRM, Inácio Dina, o caso já está nas mãos da Procuradoria da República.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos