O País – A verdade como notícia

Quase 20 mil pessoas saíram do país entre domingo e segunda-feira

Foto: O País

Já saíram do país cerca de 20 mil cidadãos entre nacionais e estrangeiros. Segundo o Serviço Nacional de Migrações (SENAMI), houve, na quadra festiva, viajantes impedidos de atravessar as fronteiras nacionais, por não estarem devidamente identificados.

As autoridades migratórias apontam que domingo foi o dia do pico do movimento de saídas, em que regressaram cerca de 10.920 pessoas. Na segunda-feira, foram mais de mil viajantes.

“Depois do pico de saídas no domingo, registou-se um movimento gradual de regresso”, disse Leidita Mahanjane, porta-voz do Serviço Nacional de Migrações.

Sobre os viajantes impedidos de entrar no país por não estar devidamente identificados, as autoridades migratórias disseram que estes não souberam, sequer, explicar sobre as causas que as levaram a procurar atravessar as fronteiras nacionais.

“Os viajantes, que eram ilegíveis a entrar no país, foram imediatamente notificados sobre a sua ilegalidade e esse trabalho aconteceu em coordenação com as autoridades dos países que partilham fronteira com o nosso”, afirmou Leidita Mahanjane.

Segundo o Serviço Nacional de Migrações, as fronteiras de Ressano Garcia, de Mavalane e Zóbuè, na província de Maputo, Cidade de Maputo e província de Tete, respectivamente, foram as que mais registaram movimento migratório durante o período da quadra festiva.

O posto de travessia de Ressano Garcia é o que apresentou maior fluxo migratório a nível nacional, tendo atravessado cerca de 155.880 pessoas, o que corresponde a 68 por cento do movimento em comparação com outras fronteiras.

No período em alusão, as autoridades migratórias dizem que o movimento foi mais intenso, em comparação com igual período de 2020, tendo contabilizado mais de 230 mil viajantes que cruzaram as fronteiras moçambicanas, contra 145 mil da mesma época do ano anterior.

No período em análise, entraram no país cerca de 141.082 pessoas e 89.557 fizeram o movimento contrário.

Do total das entradas e saídas na quadra festiva, 93.464 e 45.083 pessoas são de nacionalidade moçambicana, 47.760 e 44.474 são estrangeiros, respectivamente.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos