O País – A verdade como notícia

Qualificação Europeia ao Mundial: Dinamarca e Alemanha apuradas, Espanha em perigo

Foto: UEFA

Os primeiros colocados de cada grupo apuram-se directamente para a fase final do Mundial-2022, os segundos colocados e ainda os dois melhores vencedores de grupos na Liga das Nações irão disputar um ‘play-off’.

Terminada mais uma ronda de qualificação europeia ao Mundial-2020 de futebol, já é possível traçar cenários sobre quem poderá apurar-se para a fase final da prova. Para já, Alemanha e Dinamarca são as únicas que já garantiram um lugar no Qatar, mas outras poderão seguir-lhes as pisadas já em Novembro, quando se fechar a fase de grupos.

 

GRUPO A: LUTA ENTRE SÉRVIA E PORTUGAL

Portugal depende de si para se apurar directamente para o Mundial-2022. Para já, sérvios e portugueses já garantiram o ‘play-off’ já que nunca irão terminar abaixo do segundo lugar. A Sérvia, líder com 17 pontos, tem apenas mais um jogo, contra Portugal, no dia 14 de Novembro, em Alvalade, e está obrigado a vencer para garantir o primeiro lugar. Portugal, segundo com 16 pontos, tem dois e só precisa de empatar estes jogos para terminar em primeiro: dia 11 joga fora com a República da Irlanda, dia 14 recebe a Sérvia.

 

GRUPO B: LUTA A DOIS ENTRE ESPANHA E SUÉCIA, GRÉCIA ASPIRA AO ‘PLAY-OFF’

O Grupo B terá as suas decisões em Novembro, com duelos importantes entre os candidatos. Lidera a Suécia com 15 pontos, seguido da Espanha com 13 e da Grécia com 9. Os suecos jogam na Geórgia no dia 11 e, se vencerem, só terão de empatar no dia 14 com a Espanha para garantir o primeiro lugar e apuramento directo. Já a Espanha terá de bater a Grécia no dia 11 para depois vencer a Suécia (ou empatar, se a Suécia não vencer a Geórgia) e apurar-se directamente. Neste momento, a Suécia já garantiu o play-off já que na pior das hipóteses será segunda.

 

GRUPO C: ITÁLIA E SUÍÇA TACO-A-TACO

É um dos grupos mais equilibrados da qualificação europeia. Itália e Suíça estão empatados com 14 pontos, com vantagem dos italianos na diferença de golos. O Itália-Suíça do dia 11 de Novembro será crucial para as contas finais. Se empatarem, tudo irá decidir-se na última ronda no dia 14, quando os helvéticos receberem a Bulgária e os transalpinos medirem forças com a Irlanda do Norte, fora de portas. Para já, italianos e suíços já garantiram o ‘play-off’.

 

GRUPO D: LUTA A QUATRO COM FRANÇA A LIDERAR

Este Grupo D é um dos mais renhidos nesta qualificação Europeia, apesar da vantagem francesa. Os campeões do Mundo lideram com 12 pontos, mais três que a Ucrânia que tem um jogo a mais. A Finlândia tem oito pontos mas ainda falta-lhe dois jogos, tal como a Bósnia e Herzegovina, com sete pontos e menos duas partidas.

A Ucrânia só terá uma partida até ao final, frente a Bósnia e Herzegovina no dia 16 de Novembro, depois de ter empatado com este mesmo adversário na terça-feira.

Se a França vencer o Cazaquistão no dia 13, garante logo o primeiro lugar e apuramento directo. A Finlândia joga ainda com a França e com a Bósnia, podendo terminar no segundo posto. O primeiro é mais difícil.

 

GRUPO E: BÉLGICA COM ‘PÉ E MEIO’ NO QATAR

No Grupo E não deverá haver surpresas. A Bélgica lidera com 16 pontos, mais cinco que a Chéquia (mais um jogo) e País de Gales e bastará vencer a Estónia no dia 13 para garantir o primeiro lugar do grupo. Se não ganhar, terá nova oportunidade na última ronda frente ao País de Gales, único que ainda pode roubar a liderança à Bélgica. A selecção de Gareth Bale defronta os belgas e a Bielorrússia, todos em casa. A Chéquia, segunda com 11 pontos, só tem mais um jogo (Estónia), pelo que o máximo que poderá aspirar é o segundo lugar.

 

GRUPO F: DINAMARCA APURADA, ESCÓCIA E ISRAEL LUTAM PELO “PLAY-OFF”

A Dinamarca já garantiu um lugar na fase final do Mundial-2022, num apuramento sem espinhas: oito vitórias em oito jogos, 27 golos marcados e nenhum sofrido. Resta decidir quem vai ao ‘play-off’ e aqui a vantagem é da Escócia, segunda com 17 pontos, mais quatro que Israel. Nos jogos que faltam, a Escócia pode garantir o segundo posto no dia 12 na deslocação ao terreno da Moldávia. Dia 15 recebe a já apurada Dinamarca. Israel joga na Áustria no dia 12 e recebe as Ilhas Faroé no dia 15.

 

GRUPO G: PAÍSES BAIXOS, NORUEGA E TURQUIA ATÉ A ÚLTIMA

Os Países Baixos lideram este grupo com 19 pontos, mais dois que a Noruega e mais quatro que a Turquia. No que falta jogar, os neerlandeses jogam no dia 13 fora de casa com Montenegro e terminam a fase de grupos em casa frente à Noruega.

A equipa de Haaland joga com a Letónia antes do encontro com holandeses, crucial para determinar o primeiro lugar. A Turquia só pode terminar no segundo lugar mas precisa de vencer Gibraltar e Montenegro e esperar que a Noruega não vença nenhum dos seus dois jogos.

 

GRUPO H: LUTA A DOIS ENTRE RÚSSIA E CROÁCIA

Comandam os russos com 19 pontos, mais dois que os vice-campeões do Mundo, Croácia. Os dois já garantiram o ‘play-off’ mas falta definir quem se apura directamente. A Rússia recebe o Chipre no dia 11, a Croácia joga com o Malta no mesmo dia. O jogo que definirá tudo será o Croácia-Rússia na última ronda, no dia 14 de Novembro.

 

GRUPO I: INGLATERRA, POLÓNIA E A SURPREENDENTE ALBÂNIA

A Inglaterra empatou com a Hungria e adiou o apuramento ao Mundial-2022. Os vice-campeões europeus lideram com 20 pontos, mais três que a Polónia, de Paulo Sousa e mais cinco que a surpreendente Albânia. Nos jogos que restam, a Inglaterra recebe a Albânia já no dia 12, e joga fora com San Marino no dia 15. A Polónia, treinada pelo português Paulo Sousa, joga fora com Andorra e recebe a Hungria na derradeira ronda.

A Albânia, terceira com 15 pontos, tem hipóteses de chegar ao primeiro posto mas o mais realista é o segundo lugar, que dá acesso ao ‘play-off’. Os albaneses jogam com Inglaterra e Andorra mas estarão sempre dependentes dos jogos da Polónia.

 

GRUPO J: ALEMANHA APURADA, QUATRO NA LUTA PELO “PLAY-OFF”

Com o apuramento da Alemanha, é a luta pelo segundo lugar que está a animar o Grupo J. Roménia (13 pontos), Macedónia do Norte (12), Arménia (12) e Islândia (8) lutam para essa vaga. No que falta jogar, a Roménia recebe a Islândia e joga fora com o Liechtenstein. A Macedónia do Norte joga na Arménia e recebe a Islândia; a Arménia, além do jogo com a Macedónia do Norte, recebe a já apurada Alemanha na derradeira jornada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos