O País – A verdade como notícia

Qatar Petroleum adquire 25,5% de participação no bloco marítimo

No âmbito do acordo assinado com o grupo italiano ENI o grupo Qatar Petroleum vai adquirir uma participação de 25.5 por cento no bloco A5-A, no mar de Moçambique

De acordo com o grupo italiano ENI o bloco de águas profundas, que fica localizado na bacia do Zambeze, foi atribuído ao Qatar Petroleum no âmbito do 5.º concurso de licenciamento lançado pelo Governo.

O grupo ENI é o operador do consórcio deste bloco, com uma participação de 59,5%, controlada através da sua subsidiária ENI Mozambico, que ficará reduzida a 34%, uma vez o negócio seja aprovado pelas autoridades moçambicanas, escreveu o Macauhub citando um comunicado.

Os restantes parceiros do consórcio são o grupo sul-africano Sasol com 25,5% e a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com os restantes 15%.

O grupo ENI lidera outro consórcio em Moçambique, em parceria com o grupo americano ExxonMobil, que vai iniciar a extracção de gás natural no bloco Área 4 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos